Autor INCTC

Seminário Online do CTC aborda estudo com células NK-CAR no tratamento do câncer

O Centro de Terapia Celular (CTC-USP) promoveu o segundo Seminário Online no dia 01 de abril, no canal do YouTube da TV Hemocentro RP. O encontro, ministrado pela pesquisadora Virginia Picanço e Castro, teve como tema: “Desenvolvimento de uma plataforma para a produção de células NK-CAR voltada ao tratamento alogênico de neoplasias CD19+”.

Nos últimos anos, enormes avanços na engenharia genética de células imunes efetoras para terapia do câncer foram conquistados. Embora os receptores de antígeno quiméricos (CARs) tenham sido amplamente utilizados para redirecionar a especificidade das células T autólogas contra doenças malignas hematológicas, trazendo resultados clínicos impressionantes, as pesquisas com células natural killer (NK) modificadas por CAR ainda são restritas aos pré-clínicos.

Estudos indicam que o uso de células NK-CAR produz menos efeitos colaterais e são mais eficazes no tratamento de tumores sólidos do que células T-CAR. Desta forma, várias características inerentes às células NK as tornam candidatas promissoras para modificação genética e uso em imunoterapias.

A bióloga Virginia Picanço e Castro possui doutorado sanduíche na Universidade de Frankfurt (Alemanha) e pós-doutorado em ciências aplicadas à área médica pela FMRP-USP e Universidade de Indianápolis (Estados Unidos). Atua como pesquisadora associada no CTC-USP e Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células-Tronco e Terapia Celular no Câncer.

Assista abaixo o seminário completo.

Sequenciamento genético aponta aumento de infectados por variante P.1 em Serrana (SP)

Estima-se que 80% dos casos positivos de COVID-19 em Serrana (SP), registrados em fevereiro, são da variante P.1, com origem em Manaus (AM) e com maior potencial de infecção.

Os dados foram obtidos após o sequenciamento genético de ao menos 30 amostras aleatórias de casos ativos em moradores da cidade. O estudo é coordenado pelo Prof. Dr. Rodrigo Calado, diretor científico do Hemocentro de Ribeirão Preto e pesquisador principal do CTC-USP.

O sequenciamento também identificou a predominância da variante P.2, derivada da cepa brasileira B.1.1.28, em ao menos 50% dos casos confirmados em dezembro e janeiro. Por ser escolhida pelo Instituto Butantan para um estudo clínico de vacinação em massa contra a COVID-19, Serrana terá todos os casos positivos sequenciados a partir do início da pesquisa, em 17 de fevereiro, o que vai auxiliar na comprovação da eficácia da CoronaVac nas variantes.

Clique aqui para ler a reportagem completa publicada pelo Portal G1 Ribeirão Preto.

Estudo do Hemocentro RP correlaciona tipo sanguíneo A com formas graves da COVID-19

Uma pesquisa conduzida pelo Hemocentro de Ribeirão Preto, em conjunto com o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, apontou que pacientes do tipo sanguíneo A são mais propensos a desenvolver formas graves da COVID-19.

Os apontamentos foram obtidos a partir de um estudo realizado no ano passado com o uso de plasma na recuperação de pacientes graves do novo coronavírus. A incidência foi observada a partir de 72 pacientes em estado crítico que receberam o plasma no Hemocentro, sendo 37 do tipo sanguíneo A e 28 do tipo O.

O resultado é o inverso do que se observa na prevalência dos tipos sanguíneos na população em geral, com mais pessoas do sangue tipo O, do que com o tipo A. Segundo o Dr. Gil Cunha De Santis, diretor médico do laboratório de terapia celular do Hemocentro RP e um dos autores do estudo, os pacientes do tipo A tem um risco 2,5 vezes maior de contrair a forma grave da doença.

Clique nas imagens abaixo e assista as reportagens divulgadas pelo Jornal da EPTV e pelo SP Record.

 

 

 

 

 

Com informações do repórter Rodolfo Tiengo.

CTC oferece Bolsa FAPESP para a área de administração de materiais e controle de estoque

O Centro de Terapia Celular da USP, sediado no Hemocentro de Ribeirão Preto, oferece uma “Bolsa FAPESP modalidade TT-3” para o setor de administração de materiais e controle de estoque.

Os interessados deverão enviar currículo, até o dia 10 de abril, para o e-mail: processoseletivo@hemocentro.fmrp.usp.br.

O candidato deve ser graduado em Logística ou Administração e não ter vínculo empregatício. A bolsa terá validade de 12 meses, com carga de trabalho de 40 horas semanais.

Além do treinamento especializado de aperfeiçoamento, o bolsista terá direito, mensalmente, a uma bolsa auxílio no valor de R$ 1.228,40.

Seminário Online do CTC aborda imunoterapia celular utilizando células T geneticamente modificadas

O Centro de Terapia Celular (CTC-USP) promoveu o primeiro Seminário Online de 2021, no dia 04 de março, no canal do YouTube da TV Hemocentro RP. O encontro foi ministrado pelo pesquisador Lucas Eduardo Botelho de Souza e teve como tema: “Imunoterapia celular anticâncer utilizando células T geneticamente modificadas”.

O campo da terapia celular está liderando uma mudança de paradigma no desenvolvimento de agentes terapêuticos. A recente convergência de vários campos, incluindo imunologia, genética e biologia sintética, agora permite a introdução de receptores artificiais e a síntese de circuitos genéticos inteiros para programar com precisão o comportamento das células administradas ao paciente.

O melhor exemplo destes “medicamentos vivos” de última geração são as células T modificadas para expressar receptores de antígenos quiméricos (CAR), que já demonstraram evidências definitivas de eficácia terapêutica contra algumas doenças hematológicas.

No seminário foram discutidos os fundamentos da imunoterapia celular utilizando células T geneticamente modificadas, os desafios a serem superados e alguns dos resultados obtidos pelo grupo de pesquisa no CTC-USP.

O biólogo Lucas de Souza possui doutorado em Ciências pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) e pós-doutorado pelo Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (INSERM U935, França) na área de células-tronco terapêuticas e neoplásicas. Atualmente, coordena o laboratório de Transferência Gênica do Hemocentro de Ribeirão Preto (FMRP/USP), onde desenvolve estudos básicos e aplicados em terapia gênica/celular, com foco especial em células CAR T.

Confira a apresentação abaixo.

Pesquisa conduzida no Hemocentro RP aponta casos de nova variante do coronavírus

Estudo conduzido por pesquisadores do Hemocentro de Ribeirão Preto, Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) identifica 12 casos da variante brasileira do coronavírus em Ribeirão Preto e em Serrana.

Clique nas imagens e assista as entrevistas do Prof. Dr. Rodrigo Calado, diretor científico do Hemocentro RP e pesquisador principal do CTC, para o Jornal da EPTV.

Fundação Hemocentro RP tem projeto aprovado no edital “Ciência para o Desenvolvimento” da FAPESP

O “NPOP – Núcleo de Terapia Celular”, com sede na Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, foi um dos aprovados no edital Ciência para o Desenvolvimento da FAPESP. O anúncio foi divulgado no dia 22 de dezembro.

A chamada foi lançada em 2019, antes mesmo da pandemia da COVID-19, e tem como objetivo apoiar pesquisas orientadas para a solução de problemas nas áreas de saúde, segurança pública, alimentação e agricultura, desenvolvimento econômico, entre outras.

Foram aprovadas 12 propostas, no valor total de R$ 88 milhões, submetidas por consórcios de pesquisa formados por pesquisadores em universidades, secretarias de Estado, instituições públicas e privadas no país e no exterior e empresas.

O edital previa que as propostas deveriam ser submetidas por consórcios, denominados Núcleos de Pesquisa Orientados a Problemas de São Paulo (NPOPs), que articulassem parceiros no desenvolvimento de pesquisa para a solução de problemas.

O Núcleo de Terapia Celular (NuTeC) reúne pesquisadores do Instituto Butantan, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) e Hemocentro RP, com o objetivo de ampliar a disponibilização de terapia celular e imunoterapias inovadoras para pacientes com neoplasias.

Saiba mais na reportagem da Agência FAPESP.

Casa da Ciência abre inscrições para pesquisadores e alunos no projeto “Adote Online”

Estão abertas as inscrições para os pesquisadores e alunos interessados em participar do programa “Adote Online” da Casa da Ciência. Confira abaixo as informações de como se inscrever para cada grupo.

Pesquisadores e pós graduandos: Os candidatos devem conversar com a equipe pelo e-mail contato@casadaciencia.com.br ou pelo telefone (16) 2101-9308.

Alunos: As atividades começam no dia 11 de março, às 14h30, no canal do YouTube da Casa da Ciência. Estudantes de 13 a 18 anos, cursando entre o 7º ano e o Cursinho, de todas as regiões do país estão convidados a participarem! As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro e devem ser realizadas pelo formulário disponível no link: https://forms.gle/RejbXcKMmjUNrLe66

A iniciativa vai trazer uma série de vídeos gravados pelos pós-graduandos e docentes do campus da USP de Ribeirão Preto. Os palestrantes apresentarão conceitos das áreas em que atuam e solicitarão uma pequena tarefa no final de cada encontro virtual.

Ao todo serão 15 dias de atividades e um dia de finalização do semestre. Para receber o certificado do programa, o aluno deve enviar no mínimo 80% das tarefas solicitadas. Para mais informações entre em contato pelo WhatsApp: (16) 98829-2065 ou pelo e-mail: contato@casadaciencia.com.br.

A Casa da Ciência é um programa do Hemocentro de Ribeirão Preto que desenvolve atividades de ensino de ciências com objetivo de aproximar a pesquisa científica de alunos e professores da rede básica de ensino e apoiá-los. O projeto é parte do Centro de Terapia Celular (CTC-USP), integrante dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), financiados pela FAPESP.

Hemocentro RP oferece vagas para os cursos online de Hemoterapia Aplicada e Medicina Transfusional 2021

Estão abertas as inscrições para os cursos online de Hemoterapia Aplicada e Medicina Transfusional do Hemocentro de Ribeirão Preto. A participação é gratuita e pode ser realizada até o dia 29 de janeiro no site http://www.hemocentro.fmrp.usp.br/ensino/cursos/.

As aulas são mensais, sempre às 12h30, com uma hora de duração. Terão direito a certificado os participantes com presença em pelo menos oito datas.

O curso de Hemoterapia Aplicada, oferecido desde 2007, aborda conteúdos voltados à parte prática da atividade. Já o curso de Medicina Transfusional, criado em 2004, traz temas básicos e avançados da área.

As disciplinas são destinadas a médicos hemoterapeutas, farmacêuticos, biomédicos, biólogos, enfermeiros, assistentes sociais e alunos de graduação e pós-graduação.

Pesquisador do CTC participa de evento da American Society of Gene & Cell Therapy

O Prof. Dr. Renato Cunha foi um dos palestrantes do evento “Advancing Clinical Research of Gene Therapies in Brazil”, realizado online no dia 02/12. O congresso foi uma parceria da American Society of Gene & Cell Therapy (ASGCT) com a Associação Brasileira de Terapia Celular e Gênica (ABTCel-Gen).

O docente da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) e pesquisador do Centro de Terapia Celular (CTC-USP), ministrou a palestra “Getting CAR T-cell Therapy for Leukemia into Clinical Trials in Brazil: Challenges and Opportunities”.

O objetivo da conferência foi compartilhar experiências e percepções de especialistas da área, sobre fatores a serem considerados para iniciar com sucesso os ensaios clínicos de terapias gênicas in vivo e ex vivo no Brasil.

Assista o encontro completo abaixo.